Como evitar que agressores tenham acesso ao seu celular

Como evitar que agressores tenham acesso ao seu celular

Em relações abusivas muitas vezes nossos celulares são usados pelos agressores para espionar e controlar nossas vidas. Com alguns passos você pode verificar se está sendo vigiada e colocar esse espião para fora sem precisar se desfazer do seu celular.

Recomendamos que avalie a sua situação e decida sobre o melhor a ser feito neste momento. Se retirar esse controle do agressor pode te colocar em maior risco, tome cuidado e peça ajuda. Recomendamos a leitura do post “Cuidados durante a pandemia: como denunciar uma violência doméstica?

A seguir daremos desde dicas básicas para quem quiser ficar mais protegida até orientações para o procedimento de ‘retornar às configurações de fábrica’, o que apaga todos os arquivos e configurações, deixando seu celular como novo. Vamos lá?

Coloque uma senha de bloqueio de tela no celular:

É muito importante não deixar o celular sem bloqueio de tela, e que essa senha seja somente sua e não compartilhada com outras pessoas.

Além de não ter nenhuma proteção de privacidade, um celular sem senha pode deixar bem mais fácil a instalação de aplicativos espiões que se escondem entre seus outros aplicativos.

Android:

Para configurar a senha do seu celular no Android, vá em “Configurar” e siga o seguinte caminho:

Recomendamos a opção de “Senha” em que você pode configurar uma palavra.

Iphone:

Os Iphones já são configurados com uma senha de bloqueio. Mesmo assim, tome cuidado em não compartilhar a sua senha, e se quiser mudá-la por uma palavra para deixá-la mais segura, pode seguir os seguintes passos:

1. Acesse as configurações do celular (ícone de engrenagem).
2. Clique em Touch ID e Código.
3. Digite sua senha atual.
4. Clique em alterar código.
5. Digite sua senha atual. Depois, coloque o código novo e confirme-o.

ATENÇÃO: ANOTE SUA SENHA EM UM LUGAR SEGURO ATÉ MEMORIZÁ-LA

Não deixe brechas para seu agressor acessar acessar informações do teu celular:

Você conhece a conta que administra o seu celular? É a única pessoa com acesso a ela? Essa conta é muito importante. Se seu agressor tem acesso a sua conta Google ele pode tentar invadir suas comunicações de email, ver a sua agenda, a sua localização ou até mesmo instalar aplicativos sem a sua permissão. Veja como fazer essa verificação:

Android:

Primeiro garanta que você conhece a conta que gerencia o seu celular.
Para isso confira qual é a sua conta no Android clicando nas configurações do seu celular em “Configurar” (ou outro título com esse ícone de engrenagem):

e então acesse a configuração da conta Google do celular clicando em “Google”:

verifique se você reconhece o email que está na tela

Se você não reconheceu a conta, recomendamos voltar o telefone para as configurações de fábrica e registrar novamente o celular com uma conta que você tenha acesso. Você tem mais informações sobre como fazer isso aqui.

Se reconheceu a conta, certifique-se que somente você tem acesso à ela. Caso ache que seu agressor pode ter acesso, mude de senha nas configurações de segurança.

Iphone:

No Iphone, vá em “Ajustes”, selecione seu ID Apple e verifique se você tem acesso ao email configurado na conta.

Dicas para remover acessos que não queremos em nossos celulares:

Se seu agressor tem acesso a sua conta Google ele pode tentar invadir suas comunicações de email, ver a sua agenda, a sua localização ou até mesmo instalar aplicativos sem a sua permissão (se você não tiver uma senha de bloqueio do celular). Clique em “Gerenciar sua Conta Google”:

Nessa seção, existem várias configurações que podem ser interessantes para ter mais controle da sua conta Google. Vamos verificar especificamente a aba “Segurança” (arraste para a direita):

1. Mude sua senha: é sempre recomendado mudar a senha com frequência. Além de evitar que alguém acesse sua conta indevidamente, também ajuda a te proteger de muitos vazamentos de senhas (você pode verificar aqui).

Para mudar a senha clique em “Senha”, insira a sua senha atual e a nova.

2. Verifique ainda nessa seção de “Segurança” qual email e telefone de recuperação estão configurados nas “Maneiras de verificar sua identidade” (arraste para baixo). Se achar números ou emails que você não reconhece, remova selecionando a opção e inserindo sua senha.

3. Verifique os dispositivos conectados na sua conta Google, se não reconhecer algum, remova a conexão em “Gerenciar dispositivos”:

Iphone:

Para mudar a senha da sua conta do Iphone clique no seu ID Apple, vá em “Senha e Segurança” e clique em “Alterar Senha“.

Na mesma tela verifique qual é o telefone configurado como o “número de confiança”. É importante que esse número seja o seu número de celular e não o de outra pessoa.

Verificar apps espiões

Aplicativos espiões podem revelar muita informação sobre o seu celular, como as mensagens de Whatsapp, localização, fotos, abrir o microfone, etc.

A capacidade disso vai depender do tipo de aplicativo espião instalado no seu celular.

1. Verifique os aplicativos no seu celular:

Para verificar isso, antes de tudo recomendamos que você confira os apps instalados no seu celular e pesquise sobre aqueles aplicativos que você não conhece.

No Android vá em Configurações > Aplicativos e veja se você sabe o que faz cada um deles. Se você encontrar algum aplicativo que não usa ou não sabe o que é, procure mais informações sobre ele na internet, e se não for um aplicativo do sistema do celular, desinstale o app. Aqui como desinstalar no Android.

No Iphone vá em “Ajustes” e arraste para baixo.

2. Cheque se o celular está em ROOT:

No Android, verifique se o seu celular foi colocado em modo ROOT. Aplicativos espiões usam esse modo para monitorar seus passos sem você perceber. Ou seja, com um aplicativo espião é possível acessar tudo do seu celular, desde chats, fotos, localização, escutar chamadas, etc. Para checar recomendamos que você baixe o app ROOT CHECKER no Android através do Play Store para fazer essa verificação.

Se seu celular der positivo para esse acesso, isso é muito perigoso e você deverá seguir para a restauração do sistema (dicas abaixo no item “Voltar as configurações de fábrica“)

Caso dê negativo é um bom sinal!

É consideravelmente mais difícil colocar Iphone em modo ROOT, mas isso não impede que seu Iphone tenha aplicativos espiões. Recomendamos checar os aplicativos instalados e seguir as recomendações de segurança.

3. Verifique se existem aplicativos de “Find my Phone” instalados

No Android geralmente eles estão dentro dos aplicativos de gerenciamento do celular (Samsung, Nokia, LG). Se encontrar esse app, verifique a conta de acesso a ele e se você não reconhecer a conta, desative o aplicativo, pois ele pode revelar sua localização a pessoa que tem acesso à conta.
Se você não sabe como desativar aplicativos no Android, veja esse link e para Iphone veja aqui.

4. Verifique se entre os aplicativos instalados no seu celular existe algum com a permissão ‘Superuser’

Aplicativos assim têm muito mais controle do que os outros, e podem ser um aplicativo espião ou um vírus. Aqui um link de como fazer isso.

Voltar as configurações de fábrica:

Caso encontre algum desses problemas, ou ainda não se sinta segura de utilizar seu celular, siga para o procedimento abaixo. Ele irá voltar a configuração de fábrica do seu celular, apagando todos os programas e configurações feitas nesse aparelho. Cuidado! Esse procedimento também vai apagar todos seus arquivos, por isso recomendamos uma cópia de suas fotos e contatos antes de prosseguir.

  1. Como fazer a cópia de segurança para um computador – https://www.blogtudodicas.com/como-passar-fotos-celular-para-pc.html
  2. Como restaurar o Android para as configurações de fábrica – https://www.apptuts.com.br/tutorial/android/como-restaurar-o-android-as-configuracoes-de-fabrica
  3. Como restaurar o Iphone para as configurações de fábrica – https://support.apple.com/pt-br/HT201252

Texto feito em colaboração com Front Line Defenders.