Fuxico

uma Rede Livre Feminista

Você já pensou em ter
sua própria rede sem fio?
Compartilhe conteúdos
com autonomia e segurança,
independente da internet.


Ela é uma rede comunitária sem fio, que pode ser a rede de comunicação do seu bairro ou a rede wi-fi do seu coletivo, comunidade ou território.
Tudo o que for compartilhado através dela é anônimo, e para sua segurança, estará fora da internet.

[A Fuxico não é internet]

A Fuxico carrega a lógica das redes comunitárias que “representam a possibilidade de uma comunidade debater, decidir e instalar sua própria tecnologia de comunicação em rede. As maneiras de alcançar esse objetivo são tão diversas quanto as comunidades em si e envolvem complexidades técnicas, de governança, de sustentabilidade de formação, entre outras.” [JANCZ, 2020]

“Tecnologia comunitária é um método de ensinar e aprender sobre tecnologia com o objetivo de restaurar relações e apoiar na cura dos territórios. Técnicas comunitárias são todas as pessoas que tem o desejo de construir, desenhar e facilitar uma integração saudável da tecnologia com as vidas das pessoas e suas comunidades, permitindo que elas usufruam do direito de se comunicar.”

Isso é sobre transmissão de saberes.

Programada a partir do sistema operacional da Piratebox, a Fuxico é um dispositivo móvel autônomo que carrega em si uma Sementeira que já vem com conteúdos pré-selecionados de segurança digital, feminismo, autonomia e colaboração, pronta para receber mais material!

SIM, a Fuxico é um Software Livre!
Mas não é para qualquer uma não!

Ela está sob uma Licença Feminista de Produção de Pares, onde além de atribuição e compartilhamento igual, prevê também que qualquer exploração comercial da obra em questão deve ser não capitalista, ou seja, “só está permitida a cooperativas, organizações e coletivos sem fins lucrativos, a organizações de trabalhadores autogestionados e onde não existam relações de exploração”.


Por que “Fuxico”?

Imagem de pequenas fuxicos, flores artesanais feitas de retalho.

Fuxico é uma técnica artesanal centenária, onde mulheres, principalmente nordestinas, usam pedaços de retalho para criarem peças que parecem pequenas flores e que com muitas se cosiam roupas, colchas e afins.
Para nós, “fuxico” tem uma conotação de poder, era o resultado de momentos de união entre mulheres para também compartilhar saberes.

Está pronte para construir sua comunicação segura e autônoma?

Tutozine

Folhetim do passo a passo
da utilização da Fuxico.

Deu uma oficina? Ensinou uma amiga?
Dê um para as novas usuárias
.

Quem acredita e já apoiou a Fuxico?

Quem Somos

Mulheres hackers do Brasil e México trabalhando
com infraestruturas feministas e segurança digital.

Redes autônomas feministas: (versão offline do site)
Fer (Vedetas.org) – [email protected]
N (kefir.red) – [email protected]

Colaboração de:
Carl Jancz – Desenvolvedora
Daniela Araújo – Revisão de Texto
Geisa Santos – Desenvolvedora
Giulia Yakasaki – Ilustradora
Lai Almeida – Revisão de texto
Patrícia Marimoto – Desenvolvedora
Thais Jussim – Design
Vanessa Tonini – Desenvolvedora

Fuxicaram sobre nós.

Fuxico: uma rede livre feminista
http://lavits.org/fuxico-uma-rede-livre-feminista/?lang=pt

Feminist infrastructure and community networks: An opportunity to rethink our connections from the bottom up, seeking diversity and autonomy
https://www.giswatch.org/en/infrastructure/feminist-infrastructures-and-community-networks